Institucional

/

dez 09, 2021

As 12 metodologias ativas aplicadas pela Luminova e a construção do aprendizado

AUTOR

Luminova

ASSUNTO

Educação

COMPARTILHE

Muito em pauta atualmente, a inovação é um dos principais aspectos da construção do aprendizado na Luminova. A escola aplica 12 metodologias ativas para colocar o aluno sempre como o protagonista do próprio saber, sendo um sujeito ativo na construção do seu aprendizado.

O método tradicional de ensino prega a inserção do conteúdo teórico acima da prática e obriga o aluno a entender, ou até mesmo decorar, tudo aquilo que ele ouve, juntamente com seus colegas, em classes com carteiras enfileiradas. A Luminova acredita que esta não é a melhor estratégia para ensinar e formar cidadãos conscientes.

Por isso, as 12 metodologias moldam um sistema prático de aprendizado, de forma que o aluno é inserido totalmente no contexto do estudo em questão. Busca-se, assim, melhores maneiras de se compreender o conteúdo aplicado. Somente após esse entendimento é que ele passa a receber a teoria para que já saiba, na prática, o que está estudando. Cada disciplina tem o seu plano de aprendizagem (que ajuda no ponto de partida das atividades) para que cada professor possa trilhar o caminho do conhecimento juntamente com seus alunos e respectivas habilidades.

Exemplo ativo
No plano de aprendizagem das aulas de Matemática do 6º ano do Ensino Fundamental, por exemplo, cuja temática é “números”, o objetivo do conhecimento é mostrar o sistema de numeração decimal, bem como suas características, leitura, escrita e comparação de números naturais e de números racionais representados na forma decimal. Isso porque é necessário conhecer os números para realizar diversas contagens e saber que, dependendo da situação, a forma de escrever determinada informação numérica pode ser diferente.

O conteúdo é aplicado explorando com os alunos o que eles entendem por números, onde eles costumam vê-los, como e onde usam, por exemplo. Nesse momento, é apresentada a eles a necessidade dos números, sua usabilidade, suas principais características e classificações. A prática vem sempre antes da teoria!

As 12 metodologias ativas
Blended Learning: trata-se de um sistema híbrido de aprendizagem, cujo conteúdo é ministrado de forma presencial e, também, a distância (off-line e online). Desse modo, o aluno exercita sua capacidade em aderir ao conteúdo por meio de diferentes canais de comunicação.

Flipped Classroom: aqui, a sala de aula é invertida, ou seja, o aluno se coloca no lugar no professor, promovendo atividades em conjunto com os alunos. São feitos debates em classe, bem como outras atividades que estimulem o senso crítico e a produção de argumentos.

Crowdsourcing: este é um modelo de produção e estruturação coletiva e colaborativa. Essa ferramenta ajuda na resolução de problemas em grupo, no desenvolvimento do espírito de equipe, além da integração dos alunos dentro e fora da sala de aula.

Games Based Learning: a aprendizagem por meio de jogos digitais tem como papel fundamental a simulação e a resolução de problemas. Por meio dessas atividades online e interativas, os alunos têm um reforço para os conceitos ensinados em sala de aula.

Gamification: por meio desta metodologia, o conteúdo torna-se um jogo e os alunos são estimulados por meio de dinâmicas. As etapas das atividades compreendem ranking, pontuações, mecanismos e recompensas. São competições saudáveis, nas quais a aprendizagem é o principal objetivo.

Social Learning: a Luminova disponibiliza uma plataforma que promove uma colaboração social entre alunos e educadores. Trata-se de uma ferramenta digital que proporciona a troca do conhecimento dentro e fora da sala de aula, com aprendizagem nos universos formal, informal, pessoal e social.

Learning by Doing: “Aprender fazendo”. Esse é o mote dessa metodologia que permite que o educador exponha o conteúdo na prática, com experiências que ajudam em vivências futuras. A vida do aluno e seu cotidiano entram em cena como exemplo em cada atividade a ser executada.

Design Thinking: nessa fase, o principal conceito é a construção do pensamento crítico e criativo do aluno em seu período de aprendizado. Todas as ideias são esquematizadas para que o estudante tenha total auxílio na tomada de decisões e aquisição de conhecimento.

Adaptive Learning: essa proposta ajusta o ensino à realidade individual de cada aluno, com o acompanhamento do aprendizado por meio de inteligência artificial. É empregada total atenção e reforço às dificuldades dos alunos para que cada um possa entender o conteúdo de acordo com suas habilidades de aprendizado.

Problem Based Learning (PBL): a simples aprendizagem baseada em problemas leva o aluno a exercitar a sua capacidade investigativa e a aprender por meio de suas próprias pesquisas – o chamado autodidatismo. O raciocínio lógico, a criatividade e a resolução dos problemas são alguns dos resultados oferecidos por essa metodologia.

Interação Construtiva: aqui, todo o conteúdo teórico ganha uma ressignificação, sendo a aprendizagem executada pelas vivências de cada aluno e por meio da socialização em grupo.

Deep Learning: a imersão na aprendizagem é o foco. Essa metodologia trabalha no desenvolvimento cognitivo, intra e interpessoal do aluno. O resultado é a aquisição da capacidade de aplicar a teoria na vida prática.